::.Amigos & Seguidores.::

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

:..Algumas dicas do Rascunho

IPVA 2009


Foto Retirada da Internet- Google Imagens




O início do ano é sempre uma época chata para quem tem carro. O IPVA 2009 já é um dos gastos a ser colocado na lista de contas a pagar; inclusive para quem tem carros com menos de três anos de uso que virá com preço maior que os demais, mas tendo todos os cálculos de dívidas a pagar em 2009 não acarretará nenhum problema de orçamento. O jeito é apertar o cinto e fazer direitinho seu orçamento.

O IPVA pode ser pago em até três parcelas ou em uma única parcela, sendo pago antes do vencimento há sempre desconto. Seu valor é uma porcentagem do valor do veículo; e assim o de carro nacional é de diferente valor de carro importado. Pode-se consultar o site do Detran para ter acesso à tabela. O valor pago no ano de 2009 com certeza será menor que o valor pago em 2008.

As Secretarias de Estado da Fazenda já estão fazendo a divulgação das tabelas com datas e valores do IPVA 2009.

Para contabilizar o valor do IPVA é preciso pegar o valor avaliado do automóvel no estado em que reside e multiplicar pela alíquota que está na tabela.

Por exemplo:

Valor do automóvel: R$ 20.000,00
Valor da alíquota: 2%
Cálculo: 20000 x 0,02 = R$ 400,00 (Valor que será cobrado no IPVA)


Tabelas abaixo:
São Paulo
Rio de Janeiro
Espírito Santo
Minas Gerais


O que você acha da cobrança deste imposto?


Fonte: www.mundodastribos.com

22 comentários:

Uriel Gonçalves 24 de novembro de 2008 09:19  

muitos cartros hoje estão vindo com o IPVA grátis, é um imposto que nao faz diferença pra ninguem, ja nao basta os pedágios?

bom, acho que é mais fácil obrigar as pessoas a plantarem árvores do que pagarem impostos por causa dos veículos..
a propósito, eu nao tenho carro :D

Leo Pinheiro 24 de novembro de 2008 20:47  

13º foi feito para isso, para despesas 'extra-curriculares', mas a galera gasta comprando roupa bonita...

x3 24 de novembro de 2008 21:00  

Não tenho carro , mais meus pais amigos sempre reclamão do temido ipva.
http://x3crise.blogspot.com/

humor lecal 24 de novembro de 2008 21:22  

essa época é fogo

presentes, ceia, festas e IPVA

coitado de nós

Flávio Souza 24 de novembro de 2008 23:01  

Não conheço neste mundo alguém que goste de imposto. No entanto, temos que pagá-los, pois senão a infra-estrutura do país não anda.


De qualquer forma, das coisas que mais me irritam nos impostos referentes a automóveis são as privatizações de estradas e a cobrança de pedágio.

Ora, ora, ora ----------- este dinheiro que pagamos de impostos não era justamente para termos boas estradas e assistência???

Pois é, pois é, pois é...

Mr. e Mrs. Ironia 24 de novembro de 2008 23:33  

Ainda bem que temos uma Brasilia 77...

Rodrigo Andolfato 25 de novembro de 2008 09:25  

Desse jeito meu décimo terceiro anda pior do que turista! Nem cartão postal manda mais!

http://sociedadedosmalas.blogspot.com/

Lilian 25 de novembro de 2008 10:10  

Dica de leitura...Textos ácidos e sarcásticos, pra quem quer ficar por dentro dos assuntos políticos e dos últimos acontecimentos de forma leve.


www.mosaicodelama.blogspot.com

Boa leitura!


* This blog can be translated to any language*

Admin - Blog Web Dicas 25 de novembro de 2008 17:58  

é o brasil, rs
fim de ano e o pior de tudo pq quando voce termina de pagar as dividas de inicio de ano, começa outras,
e depois vem janeiro, fevereiro, material escolar etc.. :x

visita?
http://www.webdicas.org

iti 25 de novembro de 2008 18:04  

ipva, ngm merece
ainda bem que tenho apenas 16 anos, ainda ñ tenho meu proprio carro...
rsrsr

http://500x100.blogspot.com/

anyelle camilotto 25 de novembro de 2008 18:26  

É complicado.. vou começar minha carteira em dezembro e me apaixonei por um fusquinha 1961.. ainda bem que a placa é preta, porque o IPVA é um roubo!

RJ 25 de novembro de 2008 18:38  

já estou pensando nisso pq no ano que vem estou me programando para comprar o meu...

mais um imposto para a gente se perguntar para onde o dinheiro vai!!

abraços!!

Pedro Guilherme 25 de novembro de 2008 19:02  

aiai, ainda bem que sou de menor e não tenho que pagar essas contas ainda rsrs.
______________
http://www.tecnojogos.com.br

Tony Prado 25 de novembro de 2008 20:42  

Não tenho que me preocupar com isso. Afinal, não tenho carro ainda. :P Valeu.

Anônimo 25 de novembro de 2008 21:13  

Caro mesmo é o IPTU do meu cafofo!

Gostei da proposta do teu blog, ater-se ao novo, às mudanças constantes na vida, a vida como rascunho.

Beijos
Fada

se quiseres passa lá em casa:
http://fadasafada.blogspot.com/

Airton 26 de novembro de 2008 08:49  

mais chato ainda pra quem nao tem carro como eu hsuahsuahsu

legal o blog...

da uma passada nu meu se possivell

publicidade, cinema e cronicas

http://publicandobr.blogspot.com/

Deka Silva 26 de novembro de 2008 18:16  

Todos os anos é sempre assim, começamos o ano (entristecendo-nos)do país dos impostos!!!
Gostei de seu blog, serei leitora assídua.

mateusbonez 26 de novembro de 2008 22:32  

Nossa, quero voltar a ser criança :D KK. Ótimo blog, (: Esperando sua visita ;D

http://tiomah.blogspot.com/

Todo ralo da num Esgoto 3 de dezembro de 2008 23:28  

...ainda nao tenho carro...mas só de falar em gastos...ja desanima...
ms desanima mais andar de BUS

Tio Sam 5 de dezembro de 2008 11:15  

Ainda bem q eu não tenho carro....

Homenzinho de Barba Mal feita 7 de dezembro de 2008 00:04  

Fora o IPVA, o carro popular não sai por menos de R$ 27 mil, parece brinacadeira, mas infelizmente não é!


http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

Felipe Felix 14 de dezembro de 2008 18:47  

IPVA é o de menos pra quem tem carro popular... como já disseram, o pesadelo é o preço dos pedágios.

Ah... e gostei do que vc fez: Copiar uma imagem de algum blog e colocar: "retirada da internet". Lembre-se de q o Google pegou de algum lugar, então cite de onde o Google pegou.

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)