::.Amigos & Seguidores.::

domingo, 20 de junho de 2010

:: Costa do Marfim x Brasil ::



Quase a uma hora da partida entre Brasil e Costa do Marfim, os técnicos Dunga e Sven Goran Eriksson deram fim ao mistério e divulgaram oficialmente as escalações das duas equipes para o início da segunda rodada do grupo G da Copa do Mundo da África do Sul.

O time canarinho continua o mesmo, já o time adversário traz novidade. Temos que ficar de olho no atacante Didier Drogba, do Chelsea, acabou sendo confirmado pelo treinador sueco e começará a partida diante do Brasil.

Os elefantes, como são conhecidos, têm tamanho e futebol para pensar que podem conseguir o que seria um feito para eles: sobreviver no que era conhecido como o grupo da morte.

O futebol da Costa do Marfim foi o catalizador das ondas das zebras que vem ocorrendo na Copa do Mundo quando empatou com Portugal barrando as grandes estrelas como Ronaldo Cristiano.

O Brasil enfrentará hoje, 20 de junho, o seu segundo adversário à espera de um futebol arte e um show de gols. O jogo será eletrizante. Já que Costa do Marfim joga mais ofensivamente, e não na retranca. Vamos ver quem tem mais raça. Olha lá Brasil!!!!

Como a zebra está circulando muito nesta Copa, talvez o Brasil não fique fora dela. O detalhe é saber se a zebra é perder, ou ganhar. Afinal no último jogo a nossa seleção ficou devendo gols.

Agora é contagem regressiva, e torcer muito para que a seleção faça um jogo que brilhe mais ainda as cinco estrelas que traz no peito.

Força Brasiiillllll!!! Rumo ao Hexaaaaaa...!!!

1 comentários:

Compondo o olhar ... 20 de junho de 2010 20:51  

um jogo duro, mas o brasil se saiu bem. soube neutralizar a retranca da costa do marfim e partir p cima deles. pena q eles começaram a apelar p a violência!!! q venha portugal...

bjocas

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)