::.Amigos & Seguidores.::

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Ke Nako - Essa é a hora!



Copa 2010 - O mundo se volta para África do sul.



Festa, festa e festa! Haja calor humano do povo sul-africano!

Povo que sofreu muito, foram tantos problemas e agora também tantas alegrias. Quantos contrastes dentro de um só país.

Agora começa o maravilhoso sonho de abrigar um evento tão grande como a Copa do Mundo pela primeira vez no continente africano.

Foi emocionante assistir ao show de abertura.

Falem o que quiserem, quem não gosta de futebol, mas a Copa do mundo é sempre um evento diferente. Várias nações unidas em um só lugar. Uma corrente com diversas raças, credos, línguas, idéias, costumes ligados em um único esporte a favor da paz.

Além do futebol há diversos passeios ricos em belezas naturais, como parques para caminhadas e trilhas, safaris fotográficos, cadeia de pedras rochosas, práticas de esportes aquáticos, pescas, acampamentos, e muitos mais. África do sul é um lindo cartão postal.

Observando as várias notícias já lidas o visitante irá conhecer lindos cenários, de um lado milhões de pessoas vibrando por uma bola, de outro encantos naturais rico em flora e fauna.

Agora é a vez da Mamãe África! Que aos poucos vai deixando para trás tristes lembranças do passado para fazer um futuro bem melhor, um futuro cheio de esperança e alegria.

Vamos acompanhar por trinta dias um show incrível. Boa sorte África do Sul! Boa sorte Brasil!

E a próxima Copa será aqui, e até lá espero que todos saibam cantar corretamente e com coração o nosso lindo hino nacional.

2 comentários:

Priscila Lima 11 de junho de 2010 16:29  

uma grande e linda festa!

Compondo o olhar ... 12 de junho de 2010 22:32  

o futebol tem esta magia... sou apaixonada por este esporte e sempre me emociona.
pra frente brasil!! que venha o HEXA...

PS: q bom q tenha voltado, estava c saudades das suas postagens... seja bem-vinda!!!

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)