::.Amigos & Seguidores.::

sábado, 26 de junho de 2010

..: Sempre Lúcio!!!



Para a FIFA o melhor jogador em campo no confronto Brasil x Portugal foi Cristiano Ronaldo. Dunga e alguns atletas criticaram, mas Lúcio foi mais enfático.“É uma vergonha”, disse, depois de observar que a defesa brasileira anulou o atacante português. “A nossa defesa marcou muito bem, conseguiu neutralizar o Cristiano Ronaldo. Com todo respeito, acho uma vergonha ele ser eleito o melhor em campo”.

Conforme estatísticas durante o jogo, mostraram que Cristiano Ronaldo teve atuação apagada na partida. Chutou sete vezes a gol, mas só uma na direção certa e sem perigo para Julio Cesar. Tocou na bola 32 vezes, acertando 13 passes. Não sofreu marcação especial e levou apenas duas faltas. Conseguiu levar perigo ao gol brasileiro em uma única jogada. Depois de driblar Juan, levou Lúcio a tocar a bola para Raul Meireles, que quase marcou.

Depois desta polêmica, acho melhor falar sobre este grande atleta. Nascido em Brasília, Lucimar Ferreira da Silva, o Lúcio iniciou sua carreira no Planaltina-DF, em 1995, depois foi transferido ao Internacional-RS em 1998. Em pouco tempo, ganhou projeção, virou ídolo e zagueiro referencial. Em 2001, foi para a Alemanha, onde viveu até 2009 e defendeu dois clubes: Bayer Leverkusen (até 2004) e Bayern de Munique. No ano passado, após ter sido surpreendido com a dispensa do Bayern, acertou com a Inter de Milão.

Parece que se adaptou muito bem na itália. Tão cedo não pensa em voltar a morar no Brasil. Em Milão, Lúcio aparenta estar mais à vontade. Abdicou dos intérpretes que mantinha em Berlim e se esforça para compreender a língua italiana. Mora próximo do estádio San Siro, em uma região arborizada, e frequentemente acompanha seus filhos, Vitória (12 anos), João Vitor (8) e Valentina (3), até um parque ao lado de sua residência para vê-los andar de bicicleta. Evita as baladas e, quando sai com a mulher Dione, procura relaxar em um spa com piscinas climatizadas ou jantar, preferencialmente no restaurante nipo-brasileiro.

"Gosto também de ficar em casa vendo filmes. Tenho uma ampla coleção de DVDs. Quando vejo os filmes esqueço um pouco do dia-a-dia das concentrações, do futebol, da rotina dos treinos."

A dedicação à religião evangélica baseia-se atualmente em periódicas conversas com seu pastor e leituras constantes da Bíblia. Os cultos, tradicionalmente realizados aos sábados e domingos, não podem fazer parte do calendário de um jogador de futebol, sempre em campo aos finais de semana.

"As pessoas dão muita ênfase à minha religião. Não vejo um problema em ser evangélico, católico, judeu ou muçulmano. Sou uma pessoa como outra qualquer, que se diverte, passeia e sai com a família. A questão é que Deus faz uma diferença muito grande na minha vida. É algo muito particular e garanto que isso não atrapalha minha carreira como jogador de futebol."

E quem teria coragem de dizer que atrapalha? Lúcio fez parte do grupo campeão da Copa do Mundo de 2002, marcou o gol que garantiu a vitória na final da Copa das Confederações de 2009 contra os Estados Unidos, levou três títulos do Campeonato Alemão pelo Bayern, além das recentes conquistas da Copa da Itália e o do Campeonato Italiano com a Inter de Milão.

"Estou preocupado em fazer o melhor e passar uma boa imagem. Acho importante jogar limpo, não ser desleal em campo. Tento passar essa mensagem não só para meus companheiros de equipe como também para meus adversários."

Parabéns Lúcio! Com certeza faz o seu melhor e deixa registrado sua eficiência. Na minha opinião, como de muito brasileiros, foi o melhor em campo no jogo contra Portugal.

fonte: UOL

2 comentários:

Ms. Molly Bloom 26 de junho de 2010 22:53  

não gostei do artigo.

Compondo o olhar ... 26 de junho de 2010 23:36  

gostei muito da postagem... fala do nosso zagueirão lucio!! uma fera q jogou muito bem no jogo contra portugal, anulando totalmente o tão famoso c. ronaldo, q na minha opinião não merecia ser considerado o melhor em campo!! concordo c vc q o melhor em campo foi o lucio e julio cesar.

bjocas mil

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)