::.Amigos & Seguidores.::

sábado, 4 de outubro de 2008

Um poema entre tantos

Foto Retirada da Internet- Google Imagens



GOSTAR

Confesso o gosta de ler,
Recolho cada minuto do tempo
Em frente a um bom livro
E os meus olhos brilham sem se perder

Confesso o gostar de escrever
Momento único, aonde o homem encontra sua essência
Refazendo seu modo de pensar e sentir
Criando outras oportunidades de aprender.

Confesso o gostar de criar
E me deixo nos bons ventos flutuar
Aonde somente minha mente pode chegar
Sentindo meus pés firmes a me guiar

Confesso o gostar de buscar
Em mim, momentos delirantes,
E no outro, o sorriso escondido em um olhar.
Simples encontro da paz em tudo que se faz

Confesso o gostar de amar
O maior presente recebido do Pai.
O amor incondicional, que cego, surdo e mudo
Neste tempo de vida aceita perdoar.

Confesso o gostar, além de tudo na vida,
Do tempo, que antes eu deixava esperar,
Mas agora, a cada instante
Eu me encanto com o novo despertar.

9 comentários:

Sueli 5 de outubro de 2008 19:12  

Confesso adquirir um encontro,com esse encanto do novo despertar!!
Permita-me estar sempre aqui, pois me refugio neste mar de delicias!!
beijos e ótimas criações...
Li...

Zuleide 5 de outubro de 2008 21:51  

Zu
Oi, esse poema é muito bonito e serve pra muita reflexão e assim analisarmos o rascunho que fazemos da nossa vida....

bjs

Ivany 6 de outubro de 2008 13:28  

Lindo poema...nos faz refletir a respeito do nossos rascunhos... Eles continuam rascunhos ou já passamos a limpo???....Reflexão....

Juh Lee 7 de outubro de 2008 00:09  

Oi, achei interessante este poema, sobre a vida passado a limpo, após um rascunho de nossas vidas, ou vice-versa. poderemos usar as frases como reflexão, sempre fazendo rascunho e assim vai.

Bjsss x)

Claudia Brizolla 7 de outubro de 2008 23:33  

É, parece que vc colocou em prática aquilo que havia sonhado, e colocou rapidamente. Está muito interessando, e levando, como sempre, à reflexão.

juranha 9 de outubro de 2008 18:52  

belos textos


jurandir.rodrigues.zip.net

Clecia Olivver 10 de outubro de 2008 12:16  

Nossa!... m identifiquei bastante c esse texo...

escreve muito bem.

Mto bom o teu blog...

http://cleciaolivver.blogspot.com/

Leo Pinheiro 6 de novembro de 2008 09:52  

Engraçado que hj mesmo eu citei esta falta de apreço pela leitura, seja por grandes obras ou até por um blog.

Parece que as pessoas não querem ler nem 10 linhas! Já escrever...

Ah, todo mundo acha que sabe escrever com muita propriedade. Porém esquecem que o segundo depende do primeiro! Abç

Gisele De Marie 4 de abril de 2011 13:01  

Lindo! É você! É sua alma! E, por coincidencia, a minha também! AMEI!!! E ainda tem dúvida sobre se dá pra escrever ? Ah, vai ver se to ali no canal, vai! rs

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)