::.Amigos & Seguidores.::

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Uma palavra entre tantas



Foto "Horizonte de Girassóis" de Ivany Pacini


O segredo da felicidade

Há muito tempo, em uma terra muito distante, havia um jovem rapaz, filho de um rico mercador, que buscava obstinadamente o segredo da felicidade.

Já havia viajado por muitos reinos, falado com muitos sábios, sem, no entanto, desvendar tal questão.

Um dia, após longa viagem pelo deserto, chegou a um belo castelo no alto de uma montanha. Lá vivia um sábio, que o rapaz ansiava conhecer.

Ao entrar em uma sala, viu uma atividade intensa. Mercadores entravam e saíam, pessoas conversavam pelos cantos, uma pequena orquestra tocava melodias suaves.

De longe ele avistou o sábio, que conversava calmamente com todos os que o buscavam.

O jovem precisou esperar duas horas até chegar sua vez de ser atendido.

O sábio ouviu-o com atenção, mas lhe disse com serenidade que naquele momento não poderia explicar-lhe qual era o segredo da felicidade.

Sugeriu que o rapaz desse um passeio pelo palácio e voltasse dali a duas horas.

"Entretanto, quero pedir-lhe um favor." – completou o sábio, entregando-lhe uma colher de chá, na qual pingou duas gotas de óleo.

"Enquanto estiver caminhando, carregue essa colher sem deixar o óleo derramar."

O rapaz pôs-se a subir e a descer as escadarias do palácio, mantendo sempre os olhos fixos na colher. Ao fim de duas horas, retornou à presença do sábio.

"E então?" – perguntou o sábio – "Você viu as tapeçarias da pérsia que estão na sala de jantar? Viu o jardim que levou dez anos para ser cultivado? Reparou nos belos pergaminhos de minha biblioteca?"

O rapaz, envergonhado, confessou não ter visto nada.

Sua única preocupação havia sido não derramar as gotas de óleo que o sábio lhe havia confiado.

"Pois então volte e tente perceber as belezas que adornam minha casa." – disse-lhe o sábio.

Já mais tranqüilo, o rapaz pegou a colher com as duas gotas de óleo e voltou a percorrer o palácio, dessa vez reparando em todas as obras de arte.

Viu os jardins, as montanhas ao redor, a delicadeza das flores, atentando a todos os detalhes possíveis.

De volta à presença do sábio, relatou pormenorizadamente tudo o que vira.

"E onde estão as duas gotas de óleo que lhe confiei?" – perguntou o sábio.

Olhando para a colher, o rapaz percebeu que as havia derramado.

"Pois este, meu rapaz, é o único conselho que tenho para lhe dar: – disse o sábio – o segredo da felicidade está em saber admirar as maravilhas do mundo, sem nunca esquecer das duas gotas de óleo na colher."



Um texto singular que nos faz refletir sobre os valores da vida.
Quantas vezes procuramos tanto a felicidade, e não conseguimos enxergar que ela se encontra muitas vezes em coisas mais simples do nosso cotidiano.

Vamos aproveitar mais o nosso dia!

É bom refletir sobre isso...



fonte: http://www.otimismoemrede.com

8 comentários:

Ivany Pacini 8 de outubro de 2008 20:21  

Texto maravilhoso....realmente faz com que a gente reflita sobre a busca da felicidade, e muitas vezes não observamos que ela está ao nosso lado!!!

"PS: Amei a foto..."

Petite Femme 9 de outubro de 2008 23:44  

sabe, eu penso que tal jovem encontraria a felicidade se fosse mestre de si mesmo e não precisasse buscá-la em outra pessoa. a felicidade só existe quando brota de nós mesmos e parte a caminho do outro.

bjs

18 10 de outubro de 2008 00:09  

Bem legal, o paragrafo final resumiu tudo :)

post legal

Thaynah 10 de outubro de 2008 00:40  

A busca pela felicidade será eterna.
É uma pena que a maioria de nós só consiga enxergar o que está ao alcance dos olhos.

Abraços.

Karla Hack 10 de outubro de 2008 01:14  

Belíssimo texto...
Tratou da eterna busca pela felicidade de forma muito delicada..
É um excelente conselho... mas para conquistar o objetivo é preciso experiência... Afinal, não é fácil conciliar a admiração e a concentração na mesma jornada!
Não é fácil, mas também não é impossível!

;D

bjus

30 e poucos anos. 10 de outubro de 2008 09:42  

Que maravilha ... ótimo texto para reflexão

=) Festa das Cores 10 de outubro de 2008 10:35  

Lindo!!!
amooo textos de reflexão!
pra começar sou apaixonada por girassóis... acho fantástico o fato de sempre procurar olhar para o sol... temos que ser assim tbm!
lindo seu blog...

e retribuindo o post!
obrigadaaaa!
otimo fds!


http://lefamily.blog.terra.com.br/

Sueli 10 de outubro de 2008 23:09  

A felicidade é um estado de espírito!
Sentimos todas as vezes que estamos focados no belo que nos cerca!!
Sem esquecer da simplicidade de que assumimos compromissos,e que estes são simples, mas...na maioria das vezes nós complicamos pelo nosso egocentrismo...
Mas vale sempre a pena refletir sobre...
Um grande abraço fraterno
Li...(muito lindo este texto)

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)