::.Amigos & Seguidores.::

terça-feira, 15 de setembro de 2009

:: Patrick Swayze vai deixar saudade...



Um pouco de alguns depoimentos...

A atriz, de 49 anos, Jennifer Grey, afirmou à revista "People" que Swayze era "um verdadeiro cowboy com um coração delicado", que era tão corajoso ao fazer suas cenas de ação sem dublê que "não foi uma surpresa para mim que a guerra travada por ele contra o câncer tenha sido tão corajosa e digna. Patrick era uma combinação rara e bela de masculinidade crua e uma graciosidade incrível. Meu coração está com sua mulher e namorada de infância, Lisa Niemi, com sua mãe, Patsy, e com o resto da família dele” - declarou.

"Foi um ator intenso, cheio de paixão e vigor. Definitivamente tirava o máximo disso e viveu cem vidas em uma", manifestou seu amigo Rob Lowe.

"Ele sempre estará perto", declarou à revista People Whoopi Goldberg, sua companheira em "Ghost". "Foi um homem realmente bom, um homem divertido a quem lhe devo tanto que nunca poderei compensar", acrescentou.


O ator norte-americano Patrick Wayne Swayze morreu nesta segunda-feira (14/09), aos 57 anos, após longa batalha com um câncer de pâncreas diagnosticado pela primeira vez em 2008. Uma porta-voz anunciou que a família estava ao lado dele.

"Patrick Swayze nos deixou pacificamente hoje com a família ao seu lado, depois de enfrentar os desafios de sua doença nos últimos 20 meses", dizia o comunicado divulgado nesta segunda à tarde pela relações públicas do ator, Annett Wolf.

Quando foi diagnosticado o câncer, Swayze continuou trabalhando. Escreveu suas memórias em parceria com a mulher e gravou "The Beast", série dramática produzida pela A&E para a qual ele havia feito o piloto. Quando foram ao ar nos EUA, no início do ano, os 13 episódios da primeira temporada atraíram respeitáveis 1,3 milhões de espectadores. Mas a emissora decidiu não assinar uma segunda temporada.

Swayze disse que optou por não usar analgésicos enquanto estava gravando "The Beast" porque eles tirariam a intensidade de sua interpretação. Ele reconheceu que seu tempo estava se esgotando devido à natureza grave de sua doença.

Quando ele foi à público anunciar que estava doente, deram-lhe apenas algumas semanas de vida, mas seu médico disse que a situação era "consideravelmente mais otimista".

"Eu diria que cinco anos é mais do que um desejo", disse Swayze em entrevista à apresentadora Barbara Walters, da rede de televisão ABC, no começo deste ano. "Dois anos parece provável se você acreditar em estatísticas. Quero durar até acharem uma cura, o que significa que tenho que correr atrás disso."

Nascido em Texas, dançarino, trabalhou no teatro, cinema e tv. Swayze estreou no cinema em 1979 no filme Shaketown U.S.A., no qual ele interpreta Ace Johnson, líder de uma gangue que entra em uma competição de patinação. Quatro anos depois, seria dirigido por Francis Ford Copolla em Vidas Sem Rumo, com nomes como Matt Dillon, Ralph Macchio, Emilio Estevez e Tom Cruise no elenco.

Experimentou seu primeiro sucesso como protagonista no musical "Dirty Dancing - Ritmo Quente" (1987), ao lado de Jennifer Grey (cujo pai, Joel, protagonizava "Goodbye Charlie"). O professor de dança, interpretado por Patrick, que se envolve com uma de suas alunas, transpirou tanta sensualidade que conquistou fãs pelo mundo afora, uma indicação para o Golden Globe - o prêmio mais importante nos Estados Unidos depois do Oscar - e comparações da crítica com Marlon Brando e James Dean. Enfim o estrelato e a consagração de galã em Hollywood.

Virou astro com o sucesso de "Ghost - Do Outro Lado da Vida" (1990), formando par romântico com Demi Moore. recebeu uma segunda indicação ao prêmio por sua atuação em Ghost - Do Outro Lado da Vida, grande sucesso de bilheteria na época, com Demi Moore e Whoopy Goldberg (vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante por seu papel da vidente trambiqueira Oda Mae Brown no filme).

Voltou a interpretar um personagem bem mais jovem em "Caçadores de Emoção" (1991), onde dispensou os dublês e ele mesmo faz as cenas de perigo no qual pulou 55 vezes do avião. Teve seu papel mais adulto em "A Cidade da Esperança" (1992), como um médico que trabalha em Calcutá.

O charmoso quarentão foi eleito uma das personalidades mais intrigrantes de 1990 e o Homem Mais Sexy do Ano de 1991, segundo a revista americana People Magazine. Além de um acordo com a Twenty Century-Fox para a produção de filmes através de sua produtora, a Troph Productions, por um prazo mínimo de dois anos.

Patrick voltou às telas em Cidade da Esperança (City Of Joy 1992), mostrando mais uma vez como é versátil na sua escolha de papéis para interpretar. Esta história é cercada pela mais profunda miséria humana, carregada por tragédias pessoais, pela dor e pelo desespero.

O set de filmagens foi alvo de seis atentados à bomba em protesto contra a presença de agentes imperialistas na Índia, foi envolvido por uma onda de furtos e muitas outras coisas pois estavam em Calcutá e na época da guerra.

Atuou ainda em Um Pai Fujão (Father Hood - 1993), Super Heróis do Oeste (Tall Tale - 1994), como uma dragqueen no filme Para Wong Foo, Obrigada Por Tudo! (1995), Os Três Desejos (Three Wishes - 1995) e Estrada Alucinante (Black Dog - 1998). Tem ainda alguns novos projetos sendo filmados.

Patrick sempre gostou de levar a vida no seu retirado e solitário rancho (chamado "Bizarro") de cinco acres, nas Montanhas São Gabriel, próximas de Los Angeles, onde passava o tempo cuidando de seus cavalos, montando, compondo músicas e dançando. Casado com Lisa Niemi desde o dia 12 de Junho de 1975, o casal não tem filhos.

Acho que consegui expressar um pouco quem foi este ator tão brilhante. Espero que ele possa continuar no progresso evolutivo aqui e em qualquer outro lugar iluminando as pessoas ao seu redor com sua energia radiante. Agora fico em orações por ele e por sua toda família.

4 comentários:

Francisco Castelo Branco 15 de setembro de 2009 13:17  

Nao conheço

mas a blogosfera tem dado muita importancia a este acontecimento

EXAGERADO 16 de setembro de 2009 13:18  

Oi,linda
Estou visitando os Blogs que estão inscritos na Gincana para fazer minhas escolhas e cheguei até aqui.Só vou postar mais pro fim do mês para ler um bom número de blogs que ainda não conheço!Parabéns!
Su blog é muito bom:atual,versátil e agradável de se ler...
Eu gostava muito do ator Patrick Swayze.Quem não se lembra de Ghost,né?

abraço

Nade 19 de setembro de 2009 19:48  

Ai, que também fiquei com um aperto no peito quando soube da morte dele... Pena, né!
Bjs

luciana 30 de novembro de 2009 20:03  

Bem,era realmente um ator completo.meu idólo simceramente uma das pouco artista que gostaria de conhecer.saudade!!!

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)