::.Amigos & Seguidores.::

domingo, 27 de novembro de 2011

::: Sexo frágil, não foge à luta...

Faz tempo que não escrevo aqui. Inúmeros foram os transtornos. Felizmente, a paixão pela escrita é maior que tudo. Então aos poucos estarei atualizando o blog. Agora um pouco de poesia.


Mulheres (Andréa Vaz)

Na infância, figurou minha fantasia...
Misturando real e imaginário
Lembrança terna de vozes e contos
Gesto sublime, sagrado e diário
Mãe, protetora zelosa e amiga
Tia, companheira amável e confidente
Professora, detentora de notáveis conhecimentos
Criaturas que rodearam meu consciente.

No crescer, figurou minha fantasia...
Levantando bandeiras de igualdade
Buscando direitos contra a hipocrisia
Realizando seus afazeres com criatividade
Irmã e Amiga, unidas no sangue e na vida
Amiga e irmã, cúmplices de segredos
Algumas ousadas, odiadas, outras amadas, esquisitas
Mulheres que vencem todos os tempos...
Arquitetas, médicas, escritoras, empresárias,...
Amantes, profissionais e donas de casas
Estabelecem livremente seus espaços, antes negados.

Agora, figura minha fantasia...
Todas elas juntas, únicas e conectadas,
Nas Virgínias, que escrevendo buscam um teto todo seu,
Nas Fridas, que mesmo acamadas, realizam seus sonhos,
Nas Callas, que cantam e encantam seus amantes,
Nas Zildas, que morrem acreditando nos seus ideais,
Conheço inúmeras que compartilham suas experiências,
Extraordinárias, fogem à regra de tudo que o homem estabeleceu.
Mulheres eloquentes, minhas eternas docentes.

Aqui deixo minha homenagem e um breve conselho,
Em forma de uma simples reflexão:
Mulheres, não se deixem enganar
Seu poder maior é o sexto sentido,
Que os homens até hoje tentam imitar.
Por isso, em qualquer situação,
no eterno jogo de sedução,
não importa quem é o melhor,
E sim, quem consegue ser conciliador.
Mas, se eles tentarem jogo baixo e agressor.
Ergam-se, pois toda mulher tem seu valor.
Amem-se e sejam amadas!

5 comentários:

Anônimo 27 de novembro de 2011 23:05  

Excelente homenagem às mulheres. Que elas continuem sempre nos inspirando: através do amor !

Gisele De Marie 27 de novembro de 2011 23:29  

Amei Andréa! Lindo! Não tem como não me identificar! É isso aí, mulheres maravilhosas que não devem esquecer de seu valor! Viva todas nós! E viva voce! Uma mulher sempre criativa, inteligente, forte, generosa, bem humorada e, sobretudo, amiga de todas as horas!

Neuza 27 de novembro de 2011 23:41  

O jogo dos sexos sempre existiu. Mas cá entre nós: as mulheres dá nota 1000 em carisma e inteligência. Pena que só percebomos isso notoriamente nos últimos cem anos... Espero que nos 100 anos para frente possamos não apenas ser valorizadas, mas imprescindiveis. Lindo poema !

Compondo o olhar ... 27 de novembro de 2011 23:47  

linda homenagem ao tido como "sexo frágil"... nesta sexta-feira foi o dia mundial a não violência a mulher!!! precisamos de lutar e muito contra toda violência que sofrem as mulheres, pelos maridos, companheiros e amantes, tem que DENUNCIAR, fazer laver a Lei Maria da Penha, c autoridas corretas e apoios importantes.... parabéns!!

Carla 28 de novembro de 2011 22:52  

Oi Andréa;

que bela homenagem! Gostei demais, especialmente do final: reconhecer seu próprio valor é sinal de autoestima; sem ela ninguém pode ser feliz!

Bj

Related Posts with Thumbnails

:: Frases para Refletir ::

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)